Marcão & Marcão

terça-feira, 29 de julho de 2014

Copa de Futsal garcense: confusão na abertura da 12ª rodada


Momentaneamente, Alcântara FC assumiu a terceira colocação
Aconteceram nesta terça-feira (29) no ginásio João Gonzáles, três partidas na abertura da 12ª rodada, 1ª fase. Porém, numa delas, houve muito burburinho e até confusão. Estamos falando do jogo envolvendo Ferroviária e Casa dos Parafusos, com a vitória do primeiro por 3 x 2. No encontro, Rafa Alef e Douglas - este ao término do jogo -, acabaram expulsos. Também um diretor da Casa dos Parafusos, foi excluído. Segundo informação apurada por nós, a competição corre o sério risco de ter problemas com falta de arbitragem, já que, quem estava atuando, já acenou com a possibilidade de parar. Nos outros dois jogos realizados: Alcântara FC 12 x 0 Atlético PPA; Casinha de Lata/Emplac 3 x 0 Os Pior.

Classificação - 1ª fase 
1º) Os Kome Keto 29
2º) Os Febre de Bola 27

3º) Alcântara FC 24
4º) Carrossel, Casinha de Lata/Emplac, Ferroviária 23
7º) Casa dos Parafusos 20
8º) Os Pior 19
9º) Jafa Futsal 15
10º) Skolegas 12
11º) Vila Nova, Taka/SEC 9
13º) Manollo´s 7
14º) Red Bull 4
15º) Cevada FC 3
16º) Atlético PPA 1

Complementação da rodada - 
4ª feira - 30/07
19h30 - Red Bull FC x Manollo´s
20h10 - Skolegas x Jafa Futsal
20h50 - Taka/SEC x Os Febre de Bola

5ª feira - 31/07
19h30 - Os Kome Keto x Carrossel
20h10 - Cevada FC x Vila Nova

Voleibol garcense fará amistosos em Ourinhos


Meninas vão abrir a rodada dupla em Ourinhos nesta quarta
Recebemos a informação, através do prof. Cassiano Pelegrini, treinador responsável pelo voleibol garcense, que vão acontecer nesta quarta-feira (30), dois amistosos na cidade de Ourinhos, na quadra da ETEC Jacinto Ferreira de Sá.
A saída da delegação está prevista para às 18 horas, à rua Maria Izabel, 398, no bairro Labienópolis. Inicialmente o feminino estará atuando, 20 horas, e fechando a jornada, o time masculino.
Boa sorte e uma boa viagem aos comandados do prof. Cassiano!

Quem são os heróis da foto?


Estes dois torcedores realmente gostam do futebol amador!!!
Jogo válido pelo returno, fase de classificação, Campeonato Amador garcense, último domingo. No Toyotão, oito horas, muito frio e tempo chuvoso. Situações que afastariam qualquer torcedor do campo. Mas, ao tentar flagrar um lance do jogo entre UFC/Vila Nova e JP/Vimec, acabamos captando uma imagem emblemática.
Havia apenas dois torcedores presenciando o confronto, ambos em pé, um bem ao centro da arquibancada e outro encostado no alambrado. Somente agora nos atentamos ao fato. Obviamente que, pela minha extrema dificuldade de enxergar longe, não consigo distinguir quem são os `heróis´. Porém, independente de quem sejam, merecem nossos aplausos pela disposição em prestigiar uma partida nas condições relatadas. 
E aí, você sabe de quem se trata?

Destaque Esportivo: como falarmos em futebol suíço sem nos lembrarmos dele?


Zé Cláudio, atleta do Guanabara e `treineiro´ do Os Pior
Como falar do futebol suíço e não nos lembrarmos dele?
Atleta aos sábados e treinador aos domingos. Essa é a rotina do nosso `Destaque Esportivo´, que é ligado ao futebol suíço desde os tempos do `terrão´. Tendo passado por times memoráveis, é um dos grandes nomes da modalidade, a qual continua muito ligado. Você vai conhecer um pouco mais da história de José Cláudio Barbosa, na edição de hoje do `Comarca´.
Nascido na cidade alagoana de Paulo Jacinto, esse aficionado pelo futebol suíço começou a se destacar como um atacante de muitos gols no tempo do `terrão´. Lá defendeu equipes fortes, como Majestic e Sesi, que logo deram origem ao Flamengo. Também defendeu a Selaria São Geraldo e o Kosminho, agremiações de ponta, que deixaram uma bela historia escrita na modalidade.
Mesmo passando, com a chegada da idade, para o máster, seguiu no futebol suíço, como treinador. Dirigiu o Independente e agora é o comandante do Os Pior, o líder geral do municipal/14.
Esse é o Zé Cláudio, pescador dos bons e um grande nome do futebol suíço, com enorme contribuição para o desenvolvimento da modalidade ao longo dos quase 30 anos de atuação correta, disciplinada e muito elogiada por onde passou.


Na época do `terrão´, defendendo o Majestic, campeão em 1990

Com o Flamengo, há 14 anos, no certame municipal

No Kosminho, em 2005, o antepenúltimo atleta em pé

 Atualmente é o treinador responsável pelo time de melhor campanha no futebol suíço
Esse alagoano, que chegou a Garça ainda menino, aos oito anos, é o técnico do Os Pior, tradicional agremiação do futebol suíço garcense. Demonstrando a sua competência, levou o forte elenco à liderança absoluta do certame, que vive o returno da 1ª fase e que conta com a participação de 15 times.
Ainda não esquecendo a traumática eliminação do ano passado, quando caiu diante do Dinos nas semifinais, Zé Cláudio mostra muita consciência, não se empolgando com a campanha de seus comandados. “O que vale mesmo é ganhar lá na frente”, costuma dizer.
Respeitando sempre os concorrentes diretos, em nenhum momento aponta qualquer favoritismo, ressaltando que a competição na atual temporada está muito equilibrada. Mas confia muitos em seus atletas e na diretoria, fatores que fazem com que a sua equipe lute bastante para voltar a ser campeã, a exemplo do que aconteceu em 2008.


Atualmente no suíço, é o treinador responsável pela bela campanha do Os Pior

Aos sábados, é um polivalente atleta do Guanabara
Zé Cláudio é assim: em primeiro lugar, sempre está o time. Só assim para explicar a sua dedicação ao Guanabara, equipe a qual defende desde 2007 no futebol suíço máster. Neste período, ganhou todos os títulos possíveis na modalidade, sendo o mais especial, o municipal de 2009, quando marcou o gol decisivo, de cabeça, no último minuto da prorrogação, diante do Flamengo.
Aliás, além de artilheiro, Zé Cláudio, quando preciso, é um combatente defensor. E, se necessário, vai para o gol, como no clássico ante ao Salec, no último sábado.
Um verdadeiro colaborador, um grande esportista, um nome histórico do futebol suíço, que merecia ter a sua historia contada como o nosso `Destaque Esportivo´.


No Guanabara desde 2007, onde atua em várias posições...

...Inclusive como goleiro, dependendo da necessidade

No time campeão municipal de 2009, quando fez o gol do título de cabeça, no último minuto da prorrogação

Jogos do Sesi: decisão do futsal será nesta sexta-feira (1º)



A organização dos Jogos do Sesi, competição que reúne os industriários garcenses, está confirmando que a decisão do torneio de futsal será nesta sexta-feira, no ginásio João Gonzáles. Motil B e PPA 1 estão na final.
Logo após o jogo decisivo, será feita a premiação com medalhas aos atletas participantes. Acompanhe a programação da rodada prevista para o primeiro dia de agosto:

Ginásio João Gonzáles - 6ª feira - 01/08
19 horas - ECP x Garen (3º lugar)
20 horas - Motil B x PPA K1 (decisão)

Últimos resultados - 1ª fase
Motil A 2 x 5 PPA K1
ECP 3 x 1 Garen
Motil A 0 x 4 Motil B
ECP 1 x 2 PPA K1
Garen 2 x 1 Motil B

Corinthians tem até novembro para quitar R$ 350 milhões em empréstimos tomados pela BRL TRUST



Por blog do Paulinho 


Recentemente, após pressão do ex-presidente Andres Sanches, o Conselho Deliberativo do Corinthians disse “amém” para aprovar empréstimo de R$ 350 milhões com objetivo de finalizar as obras do “Fielzão”.

No dia 28 de maio, a empresa Arena Itaquera S/A, representada pela Jequitibá Patrimonial (empresa da BRL TRUST) e a Odebrecht, tomaram os valores citados em forma de emissão de debentures, a juros remuneratórios incidentes sobre seu Valor Nominal Unitário ou saldo do Valor Nominal Unitário, conforme aplicável, estabelecidos com base na variação acumulada de 117% das taxas médias diárias dos DI de um dia, “over extra grupo”, expressa na forma percentual ao ano, base 252 dias úteis, conforme descrita em ata de reunião da empresa, datada de 27 de maio.
O prazo para quitação da dívida finda em 28 de novembro de 2014.

Qualquer pessoa poderia se tornar credora da Arena Itaquera S/A, tendo o Corinthians como avalista da dívida, bastando pagar R$ 1 mil por debenture, valor definido para as emissões.
Um negócio arriscado, propício para quem vive de “branqueamento” de recursos, em que possíveis prejuízos não afetam, até ajudam, no resultado final.

Seria interessante, diria até, primordial, que o Conselho Deliberativo do clube solicitasse a lista de compradores da dívida, que, segundo documento, está em posse da Arena Itaquera S/A, e somente poderiam ser adquiridas mediante deposito nominal na conta da emitente.
Talvez, ou quase certamente, teríamos grandes surpresas reveladas.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Pérolas do amadorismo garcense - 2º tempo


Júlio e Marcelo: pastel coletivo no futebol suíço

Tedesco: chorou e fez muita gente chorar com o seu retorno

Mirão e Taiá: será por que tocaram no assunto da venda do Baurucap?

Jair: o segredo está na câmara fria

Marcelinho, do UFC, foi perceber que o adversário estava com dois jogadores a menos quase ao fim do 1º tempo

Chegando as nossas aguardadas pérolas, numa série muito especial separada para você. Acompanhe:

"Hoje quando entrei, quase chorei!"
(Fernando Tedesco, que reestreou pelo Dinos, após passagem pelo Unidos, Dinossauro e Dinos master)

"Vou falar a verdade: eu que quase chorei quando tive que colocar ele!"
(Nezinho Bonfim, sobre o seu `momento de emoção´, quando foi obrigado a colocar o Teddy em campo)

"O Corintinha fez um ponto na minha estreia!"
(Mirão, zagueiro que fez a sua estreia pelo time alvinegro do Eduardo Davi)

"Dá licença, ô Josias!"
(Rê, torcedor fanático do Dinos, desesperado com o árbitro Josias, digo, Fabinho, no jogo da equipe diante do Tropical Flora)

"O Pelatte não queria descer do carro prá não estragar a pintura do cabelo. Teve que buscar ele lá!"
(Fabinho, sobre o temor do zagueiro do Juventude em entrar em campo diante do Os Pior com o tempo chuvoso e com a tintura do cabelo nova)

"O destaque positivo: a tintura do Pelatte não desbotou, mesmo com o forte orvalho caindo!"
(marquinhos representante, sobre o principal destaque do jogo entre Os Pior e Juventude, pelo futebol suíço)

"`Nóis perde´ uma bola por domingo. Time rico!"
(Luizão Tiarim, em desabalada carreira, procurando a bola do Dinos que caiu sobre uma das árvores e ninguém estava achado. Nem ele)

"Colocaram na câmara fria!"
(Jair, torcedor do São Lucas, sobre como consegue `se conservar´ por tanto tempo)

"`Mais não tá acertano. Nóis memo tamo dexano o jogo difícil´"
(Grilo, torcedor-símbolo do São Lucas, durante o jogo em que a sua equipe foi derrotada pela Lanchonete, 2 x 1, perdendo a liderança da modalidade)

"Oito? Eu não acredito!!!"
(Marcelinho, do UFC, espantado com o fato do blogueiro ter lhe passado a informação que o JP/Vimec tinha entrado em campo com dois jogadores a menos e ele nem tinha percebido; isso por volta dos 30´ do 1º tempo)

"Não `tão´ com oito não, `nóis´ não `fica´ com a bola!"
(Lindolfo, do UFC, não acreditando que o adversário estava com atletas a menos)

"Se eu cair, o time vai acabar!"
(Batata, do Centenário, respondendo ao blogueiro que, se o time perdesse, se ele ia `cair´)

"Eu divido tudo com o Júlio. Tudo!!!"
(Marcelo, lateral-esquerdo do Dinos, dando uma declaração `esquisita´ ao blogueiro, estando ao lado do defensor do alvirrubro)

"O Nezinho falou prá mim que o jogo ia ser às 10 horas!"
(Zé de Jafa, explicando a todos o porquê que estava chegando às 10 horas, sendo que o Dinos atuou às oito)

"Você viu? só foi derrubar o Betão e o time começou a ganhar!"
(Anézio Matheus, diretor do Os Pior e empresário do atacante Rael, avaliando a vitória do Independente, por goleada, sobre o Vimec)

"Também se o zagueiro não fizer, ninguém faz, pois o nosso ataque..."
(Fia, meio-campista do São Lucas, `espetando´ o ataque do time na derrota para a Lanchonete, quando precisou o lateral Gordo anotar o gol de honra da equipe)

"O Carlão fez um discurso para acabar com a briga no bar!"
(Nezinho Bonfim, sobre a `esperança´ de, no pós-jogo do Dinos, não aparecer mais nenhum facão, porrete ou coisa parecida)

"Ele disse que `tá frutuano´!"
(Zé de Jafa, sobre a felicidade de Fernando Tedesco, após a reestreia pelo Dinos)

"De raiva, né!"
(Joaquim Barbosa, benemérito do Dinos, após ficar sabendo que o Nezinho chorou ao ter que colocar o Tedesco em campo)

"Ô, Taiá!!! `Tão´ vendendo Baurucap???"
(Carlinhos Cocada, ao conhecido Taiá; será que ele perguntou isso só por que o Mirão, do Corinthians, estava ao lado?)

"`Cê´ acha? O Eduardo Davi me chamou prá assinar por time dele!"
(Zetão da Mocidade, revelando o convite recebido para retornar à atividade, mesmo após ter abandonado a carreira há 35 anos atrás)

"Ô, Tonho! `Cê tá´ muito `véio´ prá ficar nessa friagem!"
(Rogerinho, ex-GFC, chamando a atenção do Tonho Nêgo, que estava tomando friagem no domingo pela manhã)

"Nossa Senhora da Aparecida!"
(Xôxo, em desespero, ajoelhado, após o Amigos desperdiçar incrível chance para marcar o gol de empate contra o Levi´s)

"Vocês tem que ser inteligentes. Fica um imbecil perto da trave!"
(Du Manchini, do Levi´s, sobre posicionamento do ataque de sua equipe em cobrança de falta)