É muito bom tê-los como amigos deste espaço

É muito bom tê-los como amigos deste espaço

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Nova agremiação que estará no master garcense já adquiriu até uniforme


Vitalidade infindável: aos 84 anos, Moisés vai comandar o Palmeiras, no master/15
Para quem não estava acreditando, confirmamos nesta sexta-feira (19) que realmente uma nova equipe estará no suíço master garcense em 2015. Trata-se do Palmeiras, que tem como presidente e mandatário, o ex-árbitro, Moisés Rodrigues de Santana, um fervoroso e fanático torcedor do time do Palestra Itália.
De acordo com o seu filho Álvaro, que o está auxiliando na inédita empreitada, "Ele já encomendou até o uniforme que, claro, será verde e branco. Ele só está pensando se colocará ou não o símbolo do Palmeiras", disse.
Portanto, em 2015, o Palmeiras estará em campo no master. Já pensou quando do clássico diante do Corinthians, do Eduardo Davi?

Maior artilheiro da história do futebol suíço vai se recuperando após delicada cirurgia

Outubro de 2013, rodada decisiva das quartas de final do futebol suíço garcense, jogo envolvendo Vimec e Kosminho.
Segundo tempo e num lance totalmente despretensioso pelo setor direito do ataque, Téia está com a bola quando, sozinho, cai após prender o pé no gramado. Numa dessas, sofreu rompimento do ligamento cruzado do joelho.
Afastado do suíço, ficou aguardando pela intervenção cirúrgica, que ocorreu há três meses, em Marília.
Agora participa de sessões com o competente fisioterapeuta Lucas Moreira, de grande experiência na área esportiva. Recebemos informações de que Téia vem tendo uma ótima recuperação e, por sua vontade em retornar aos gramados, estará apto brevemente.
Aproveitamos e trazemos alguns flagrantes do goleador, que certamente estará de volta em 2015, numa das várias sessões que tem realizado:












Mais um grande nome do futebol garcense será homenageado


O conhecido Cobra, ao lado de Enéas Filho
Estamos falando do nosso amigo particular, Antonio Gonçalves Roldão Filho, o Cobra, que tem o seu nome nos troféus que serão entregues aos campeão e vice-campeão do futebol suíço master garcense.
Uma lembrança mais do que justa por tudo o que ele fez por nosso futebol, principalmente o rural, nos anos 80.
Salec e Dinos são os finalistas do master, com o primeiro confronto sendo realizado neste sábado (20), 16h30, no Heitor Gonçalves. O confronto que fechará a série acontecerá no próximo dia 27. Logo após, a premiação.

Recordar é Viver: `Os grandes árbitros do varzeano´







Por Wanderley `Tico´ Cassolla

A coluna homenageia aquele personagem indispensável numa disputa de futebol: o árbitro. O que seria de uma competição se não tivesse este mediador, hein? Será que teríamos um final feliz? Com certeza não. Principalmente em se falando de futebol amador, onde o árbitro tem a difícil e complicada missão de aplicar as 17 regras básicas. No papel tudo é bonito, fácil de entender, o que é uma falta, lateral, pênalti, etc. Mas na prática a coisa muda, e como muda. Aí entra em campo a interpretação do árbitro e a paixão do torcedor.
“Ruim com eles, pior sem eles”, sempre me dizia o conhecido Nelson Carvalho de Souza, ex-dirigente do futebol amador e também comandante da antiga CCE – Comissão Central de Esportes, atual SEJEL.

Polêmicas à parte, recordamos grandes árbitros (juízes e bandeirinhas) que apitaram jogos no varzeanos nas décadas de 70/80. Num flagrante, da esquerda para direita: João Luiz Zancopé,  Moisés Rodrigues Santana, Antenor de Souza e José Roberto Ferrez  Lopes,  representante de jogos. O quarteto posou para a posteridade no Estádio Municipal “Frederico Platzeck”, momentos antes de mais um prélio válido pelo certame citadino.  Ao fundo, onde hoje existe a arquibancada descoberta, vemos como era o placar que mostrava o resultado dos jogos.  A esquerda havia um “buraco” onde eram mostrados os gols do Garça, a direita, o gol dos adversários. O  placar foi ofertado pelo Óleo e Sabão Serenata, e nele havia aquela celebre frase direcionada aos torcedores: “Palavrões nunca. Bons exemplos, aplausos sempre”.

No outro flagrante, o árbitro João Luiz Zancopé (esq), que apitou o primeiro jogo noturno no “Platzeck”, na memorável noite de 18 de agosto de 1978. A seu lado, está o Waldir Perez, então goleiro do São Paulo FC., que se apresentou no jogo festivo. Ainda aparece na foto o vereador Argemiro Beguine.

No outro flagrante, outro trio de peso da arbitragem garcense, pronto para mais um peleja do Campeonato Amador: Ranulfo José da Silva, Moisés Rodrigues Santana e Cláudio “Tatinha” Felício.  O campo é o “Toyotão”, recém inaugurado. Ao fundo ainda era só mato, e hoje tudo por lá mudou, com várias construções. A cidade que terminava no campo, cresceu e muito naquela região.

O destaque fica para o sempre polêmico Moisés Rodrigues Santana,  o árbitro dos grandes clássicos e decisões. Com excelente preparo físico, apitava em cima do lance, correndo ao lado da bola. Apitou por muito tempo, e ainda hoje já ultrapassando os 80 anos, se arrisca a “assoprar a latinha” em  jogos amistosos.   

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Repeteco dos jogos deste fim de semana


Dinos e Salec vão abrir a decisão do master neste sábado (20)


Sasazaki vai em busca da reabilitação contra a Dinamérica
Vamos confirmando os jogos pelo futebol garcense neste penúltimo fim de semana de 2014. Acompanhe a movimentação:

Sábado - 20/12 - 16h30
Decisão - Suíço master - 1ª partida
Heitor Gonçalves -
Dinos x Salec

Domingo - 21/12 - Venda Seca
Futebol Rural - 1ª fase
7ª rodada - 1º turno
8h30 - Santa Marina x Tropical Flora
10h30 - Renascer x São Carlos/Cyborg
12h30 - Santa Maria/Dinos x São José
14h30 - Santa Izabel x Figueirinha
16h30 - Sasazaki x Dinamérica

Sonho se tornando realidade: com apoio da Municipalidade, rugby ganhará local próprio


Os secretários Tião Galego e Neto Gamba e ao fundo, o futuro campo do rugby

Vitor Silvério: sonho vai se tornando realidade, graças ao apoio que tem recebido da Municipalidade

Vista do atual estágio da futura `casa do rugby´ garcense

Galego, Silvério e Gamba, em visita ao Parque Ecológico
Estivemos nesta quinta-feira (18) no Parque Ecológico Jayme N. Miranda, quando observamos o andamento das obras que transformarão o sonho do Brutus Garça Rugby em realidade: o campo próprio da modalidade.
O local atende as medidas oficiais mínimas, 90 x 70 mts, vindo a ganhar contornos para a prática da modalidade, quer seja nos treinamentos ou nos jogos oficiais e amistosos.
O presidente do BGR, o empolgado Vitor Silvério, também presente ao local, mostrava-se muito feliz, consciente que muito em breve, a `casa do rugby´ estará totalmente à disposição, graças ao apoio que tem recebido da Prefeitura de Garça e das Secretarias da Assistência e Desenvolvimento Social, Juventude, Esportes e Lazer.
Aliás, os titulares das respectivas pastas fizeram questão de frisar a parceria formada, que tornou possível a realização da empreitada. "O que acontece com o rugby é o mesmo que estamos fazendo com a natação, ou seja, um projeto voltado para atender várias faixas etárias de nossa população, pensando sempre no oferecimento da prática esportiva a quem procura, nunca nos esquecendo da parte social, que também merece nossa preocupação", salientou Neto Gamba, secretário da Assistência e Desenvolvimento Social.
Tião Galego lembrou que "o sucesso atingido com a natação, também vai acontecer no rugby, pois, além da SEJEL e da Assistência Social, também vamos contar com todo o empenho da Secretaria da Educação, que também estará engajada nesse grande trabalho".

Beisebol
Além do campo do rugby, também está sendo finalizado no Parque Ecológico um local que será destinado ao beisebol. O projeto da modalidade será gerido por representantes da equipe norte-americana de Tampa Bay. A concessão da área de uso para o projeto já foi assinada, havendo grande expectativa para o início das atividades, fato que ocorrerá num futuro próximo.

Futuro espaço do beisebol também foi visitado

Master garcense também terá evento solidário na decisão do dia 27


O que é bom, merece bis: sorteio de brindes acontecerá na decisão do suíço master, no dia 27
Assim como aconteceu na Copa de Futsal e no futebol suíço, também o master garcense terá uma `campanha solidária´ no último jogo decisivo, confirmado para o dia 27, 16h30, no Conj. Pol. Manoel G. Chagas.
A informação foi confirmada pelo secretário da Juventude, Esportes e Lazer, Sebastião Toldato Galego. Ele adiantou que os torcedores que comparecerem ao confronto entre Salec x Dinos, e doarem 1 kg de alimento não-perecível, estarão concorrendo a vários prêmios. Ele aproveitou para agradecer àqueles que contribuíram com os brindes: Levi´s Dopping, Enéas Sport, Pizzaria Babbo´s, Paulinho Drink´s, Ourivesaria Dionísio, Refrigerantes São José, Drogaria São Matheus e esportista Marcos Roberto dos Santos.
Durante a primeira partida da série decisiva, estarão sendo distribuídos lembretes aos torcedores, que sempre tem participado dessas promoções. E com isso, mais uma entidade assistencial do município estará sendo ajudada pela comunidade esportiva.